FEBRE AMARELA & VIAGENS.

Dicas de Viagem

Como a lista de países que exigem e não exigem a vacina contra febre amarela, está mudando constantemente, e sem muita divulgação ou aviso prévio, recomendo ficar de olho no site da OMS para ter informações mais atualizadas. 

MAS O QUE ISSO IMPACTA NA VIDA DO VIAJANTE?

Como muitos países da África, da América Central e da América do Sul (incluindo o Brasil) são endêmicos, um turista vindo desses lugares pode levar a febre amarela para um país livre da doença. Por isso, além de passaporte em dia e visto, muitos destinos exigem que você tenha a vacina contra febre amarela marcada no Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia.

*Minha dica é: tenha esse certificado GRAMPEADO no final do seu passaporte, e leve para TODAS as suas viagens internacionais, para não correr risco de esquecer (até porque a lista e as exigências podem mudar a cada ano).

COMO TIRAR O CERTIFICADO INTERNACIONAL DE VACINAÇÃO OU PROFILAXIA (CIVP)?

1. Tomar a vacina, que pode ser obtida gratuitamente em postos de saúde do SUS ou em serviços de vacinação privados credenciados (mediante pagamento). Lembrando que a vacina deve ser tomada com antecedência de, no mínimo, 10 dias antes da viagem.

2. Realizar o pré-cadastro no SISPAGRA (www.anvisa.gov.br/viajante > “cadastrar novo”). Isso não é obrigatório, mas agiliza.

3. Comparecer ao estabelecimento que emitirá o Certificado (normalmente um Centro de Orientação para a Saúde do Viajante / ANVISA). Verifique aqui onde fica o local mais próximo na sua cidade. Atenção! Esses locais não aplicam a vacina. É necessário ir vacinado e com o cartão nacional de vacinação, junto com um documento de identidade original com foto.

Algumas pessoas não podem tomar a vacina (por qualquer motivo de saúde). Se esse é o seu caso, existe um Certificado de Isenção que você precisa tirar.

Deixe uma resposta

Comentário
Nome*
Email*
Website*